Chame o CAL
Automedicação

O preço por se automedicar contra a COVID-19

Homem morre após tomar cloroquina vendida em petshop

25/03/2020 10h33
Por: Gideone Rosa
Fonte: PFarma
205
O homem, com cerca de 60 anos, morreu na sala de emergência e sua esposa está internada em estado grave
O homem, com cerca de 60 anos, morreu na sala de emergência e sua esposa está internada em estado grave

Um casal americano do Arizona, após ver na TV o pronunciamento do presidente Donald Trump no qual ele falou que o medicamento hidroxicloroquina demonstrou eficácia no tratamennto da COVID-19 causada pelo novo coronavírus, correram para tomar a substância.

Eles acabaram ingerindo o fosfato de cloroquina utilizado em aquários, que é formulado de maneira totalmente diferente daquele empregado para medicamentos e que não deve ser tomado em hipótese nenhuma.

Em apenas 30 minutos os dois começam a sentir os efeitos da intoxicação, causada pela substância no organismo, e deram entrada em estado grave no hospital Banner Health em Phoenix, no Arizona.

O homem, com cerca de 60 anos, morreu na sala de emergência e sua esposa está internada em estado grave. O hospital publicou um comunicado alertando “Dada a incerteza em torno da Covid-19, entendemos que as pessoas estão tentando encontrar novas maneiras de prevenir ou tratar esse vírus, mas a automedicação não é a maneira de fazer isso”.

Intoxicação na nigéria

Autoridades nigerianas divulgaram que a cloroquina causou a intoxicação em pelo menos duas pessoas que usaram o medicamento por conta própria.

Ore Awokoya, assessora especial de saúde, disse à agência AFP "Já registramos dois casos de intoxicação, mas certamente haverá mais casos nos próximos dias", acrescentou ela, "estamos preocupados que a maioria das pessoas vão ingerir medicamentos sem nenhum controle".

Fonte: PFarma

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.