Chame o CAL
Concurso/Exército

Exército abre concurso com 1.100 vagas para sargentos

Vagas são para ambos os sexos e que tenham o ensino médio.

26/02/2020 10h10
Por: Gideone Rosa
Fonte: J.O
247
Foto: Divulgação / Cursos Azambuja
Foto: Divulgação / Cursos Azambuja

Também será necessário ter idade entre 17 e 24 anos

Por Marcos Aurélio

O Ministério da Defesa abriu 1.100 vagas para sargento do Exército Brasileiro. O edital do concurso ESA 2020 para ingresso na Escola de Sargento das Armas foi divulgado na última quarta-feira, 19. Há reserva de vagas para candidatos negros.

As inscrições têm taxa de R$ 95 e vão até 18 de março, podendo ser feitas no site oficial. Para se candidatar é necessário ter ensino médio completo e preciso possuir, no mínimo, 17 e, no máximo, 24 anos de idade. Nas áreas de Saúde e Música, no entanto, a idade máxima é de 26 anos até o término da matrícula.

Também é necessário ter no mínimo 1,60m de altura se do sexo masculino ou 1,55m se do sexo feminino e não ser oficial ou aspirante-a-oficial na ativa das Forças Armadas ou das Forças Auxiliares.

As provas objetivas acontecerão no dia 12 de julho de 2020. A primeira fase do concurso é composta várias etapas, dentre elas: exame intelectual, valoração de títulos, exame de habilitação musical (para os candidatos a músico); inspeção de saúde, exame de aptidão física preliminar.

Já a segunda etapa inclui revisão médica, exame de aptidão física definitivo (EAFD), comprovação dos requisitos biográficos dos candidatos e comprovação através da hétero identificação (confirmação sobre a autodeclaração do candidato negro), de caráter eliminatório.

Os selecionados irão atuar no primeiro e segundo ano do curso de formação nas seguintes Unidades Tecnológicas do Exército: Alegrete-RS; Blumenau- SC; Campo Grande – MS; Fortaleza-CE; Itajubá-MG; Jataí-GO; Juiz de Fora-MG; Jundiaí-SP; Natal-RN; Pirassununga-SP; Pouso Alegre-MG; Rio de Janeiro-RJ; Taubaté-SP; Três Corações-MG

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.