Quinta, 26 de Maio de 2022
28°

Alguma nebulosidade

Goiânia - GO

Cidades Agenda cultural

Companhia de dança Lamira (TO) vem à Goiânia estrear o espetáculo “Luna de Miel”

Grupo tocantinense mescla dança, teatro e circo em seu novo trabalho, de clown&dança, que será apresentado nos dias 2 e 3 de abril na Praça do Sol

31/03/2022 às 08h33
Por: Gideone Rosa Fonte: Goiás Press
Compartilhe:
Luna de miel é fruto da pesquisa da Lamira e de Oscar Zimmermann sobre dança&clown. Uma pesquisa inédita, autoral e feita na pandemia sobre as linguagens da dança e da palhaçaria. / Foto: Divulgação - Editorial
Luna de miel é fruto da pesquisa da Lamira e de Oscar Zimmermann sobre dança&clown. Uma pesquisa inédita, autoral e feita na pandemia sobre as linguagens da dança e da palhaçaria. / Foto: Divulgação - Editorial

Lua de Mel é aquele momento em que o casal, apaixonado, celebra o amor e o casamento que acaba de começar. Mas também pode ser a celebração de um amor que perdura depois de 16 anos de estrada e de uma parceria que gera muitos frutos. Assim a Lamira, companhia de Palmas/TO, estreia novo espetáculo concebido para comemorar uma década de trabalho, com “Luna de Miel”, trabalho de dança&clown dirigido por Oscar Zimmermann e encenado pelo casal Carolina Galgane e João Vicente. O trabalho vai ser apresentado pela primeira vez em Goiânia nos dias 2 e 3 de abril, às 19 horas, na Praça do Sol e a entrada é gratuita. Este projeto conta com o apoio do Ministério do Turismo, da Secretaria Especial da Cultura e da Fundação Nacional de Artes.

Luna de miel é fruto da pesquisa da Lamira e de Oscar Zimmermann sobre dança&clown. Uma pesquisa inédita, autoral e feita na pandemia sobre as linguagens da dança e da palhaçaria. A proposta do grupo e do diretor foi criar um espetáculo cênico que se utilizasse da construção e da linguagem corporal para criar a dramaturgia física e cômica dos personagens e da história. A investigação buscou a elaboração de partituras de movimentos que levassem à comicidade, ao movimento cômico e sem falas para dialogar diretamente com o público. Esta criação teve o apoio da Lei Aldir Blanc e foi contemplada com o Edital Funarte Circulação das Artes - Edição Centro-Oeste.

Este trabalho foi desenvolvido remotamente, com ensaios que duraram quatro meses e meio intermediados por telas de computadores. Carol e João se decidiram pelo palhaço como protagonista e convidaram Zimmermann, diretor chileno, para guiar esta aventura. “Criar e dirigir um trabalho de clown&dança era inédito para todos”, comenta o diretor mundialmente conhecido pelo trabalho com clown. “Fomos descobrindo as cenas guiados pelo espírito e lógica do clown e como era de se esperar, surgiram problemas a solucionarmos. Dificuldade pelas quais poderiam passar um casamento de recém casados, mas o otimismo do palhaço nos ofereceu soluções para seguir adiante e não desistirmos da proposta”, comenta o diretor Oscar Zimmermann sobre a construção do trabalho. 

As risadas e aplausos do público confirmaram o sucesso do trabalho que, finalmente, pôde ser estreado presencialmente no ano passado no SESC de Palmas, com a presença do diretor, que celebrava sua primeira parceria internacional. O público não presenciava uma estreia de espetáculo cênico da Lamira desde 2015. A apresentação foi ainda mais especial depois de dois anos de pandemia que levou o grupo ao afastamento dos palcos. “A gente queria muito se apresentar para o público, depois de conceber o trabalho totalmente de forma remota. Também precisávamos do público, porque o palhaço precisa dele. O público se divertiu muito, afinal, há muita comicidade em falar sobre a intimidade de um casal que está juntos há 16 anos”, comenta Carolina Galgane. 

A bailarina se refere à sua relação com João, seu companheiro na vida e nos palcos. A pandemia acabou interrompendo um fluxo de circulação em que se encontravam nos últimos anos e a necessidade de ficarem os dois em casa foi a oportunidade de criar um novo espetáculo e, nesse caso, celebrando os 16 anos enquanto casal. Para isso, escolheram o clown como linguagem, para que a narrativa pudesse ter comicidade. “Isso foi um desafio grande, porque poucos trabalhos relacionam dança e clown, o que nos demandou uma pesquisa profunda: como gerar riso a partir do movimento”, questiona Galgane. O diretor Oscar Zimmermann, reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho com clown, também abraçou o desafio, uma vez que nunca havia trabalhado com bailarinos. 

Sobre “Luna de Miel”

O espetáculo retrata a história de um casal de palhaços que, após o casamento, saem para a lua de mel. Na lua de mel, vão passar por inúmeras aventuras que farão descobrir que o amor e a palhaçaria são os melhores antídotos para as dificuldades. Luna de Miel é o registro da pesquisa em dança&clown, apropriando-se da linguagem dessas duas artes com características primordiais distintas, para vencer essas diferenças e juntas produzirem um divertido espetáculo de rua que fala sobre o amor, a arte e a vida!

Sobre a Lamira

A Lamira Artes Cênicas é uma Cia. tocantinense que se consolidou por meio de uma estética própria, que utiliza a fisicalidade como ponto de intersecção entre as linguagens da dança, teatro e circo. Desde seu início, a Lamira constrói espetáculos que servem de referência estética à capital onde está inserida. Representando a produção cênica tocantinense pelo Brasil, a Cia. já circulou em 25 Estados e o Distrito Federal, percorrendo todas as quatro regiões do país, em mais de 90 cidades brasileiras e todas as capitais (exceto Aracaju).

Em seus 12 anos de existência, a Cia. já participou de importantes festivais e circuitos como: Amazônia das Artes, Palco Giratório, Sesc das Artes, Festival Cena Contemporânea, Bienal Internacional de Dança do Ceará, Festival Internacional de Artes Cênicas - FIAC, Festival Vivadança, Goiânia em Cena – Festival Internacional de Artes Cênicas, Festival Internacional de Dança - FID/BH, Festival Internacional de Teatro - FIT/BH, dentre outros.  Além disso, a companhia ao longo de seus anos vem fazendo pesquisas e intercâmbios entre grupos e assim construindo possibilidades para atender às diversas demandas do público. Isso permite com que a Cia. possa ter em seu repertório, espetáculos de rua, infantis, contemporâneos e conceituais. Essa trajetória fez com que mais de 55.000 mil pessoas já tenham assistido a Lamira.

Ficha Técnica:  Direção Clown: Oscar Zimmermann | Concepção: Carolina Galgane, João Vicente e Oscar Zimmermann | Coordenação geral: Carolina Galgane | Coreografia: João Vicente | Figurino e designer de aparência: Adriana Vaz, Rogério Romulado e Oscar Zimmermann | Cenografia: João Vicente e Vivian Oliveira | Video Mapping: Lu Izidoro | Artistas: Carolina Galgane e João Vicente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Goiânia - GO
Goiânia - GO
Sobre o município Goiânia é a capital de Goiás, política e administrativa
Senta Que Lá Vem Mais História
Senta Que Lá Vem Mais História
Sobre Esse é o blog que você poderá participar com as histórias de sua cidade, de seu município. Enriqueça a cultura goiana com seus causos, contos, prosas, estórias e histórias participe.
Goiânia - GO Atualizado às 17h12 - Fonte: ClimaTempo
28°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 30°

Sex 30°C 16°C
Sáb 30°C 17°C
Dom 32°C 16°C
Seg 33°C 17°C
Ter 34°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias