Quinta, 27 de Janeiro de 2022
21°

Muitas nuvens

Goiânia - GO

Economia concreto

Pavimento de concreto amplia presença no país

Aspectos como durabilidade, sustentabilidade e alta competitividade dos pavimentos de concreto o colocam como uma alternativa mais vantajosa que o tradicional pavimento de asfalto.

27/12/2021 às 08h12
Por: Gideone Rosa Fonte: JN
Compartilhe:
A região Sul do Brasil já tem mais de 60 vias de tráfego leve pavimentadas em concreto e muitas outras já estão em planejamento e execução.
A região Sul do Brasil já tem mais de 60 vias de tráfego leve pavimentadas em concreto e muitas outras já estão em planejamento e execução.

O expressivo crescimento do parque cimenteiro nacional e o pleno abastecimento do mercado, possibilitou, em curto espaço de tempo, a oferta maciça da pavimentação seja de vias urbanas ou na malha rodoviária, ao setor privado e todas as esferas governamentais. Além disso, aspectos como durabilidade, sustentabilidade e alta competitividade dos pavimentos de concreto o colocam como uma alternativa mais vantajosa que o tradicional pavimento de asfalto.

De modo a promover a implementação de projetos e inovações tecnológicas quanto ao uso do pavimento de concreto em obras urbanas e rodoviárias, foi assinado, em 2019, um Termo de Cooperação Técnica da ABCP com o estado do Paraná no qual, entre outros compromissos, prevê uma série de estudos comparativos de custo que sinalizaram a elevada competitividade do pavimento de concreto.

Como resultado dessa parceria, a região Sul do Brasil já tem mais de 60 vias de tráfego leve pavimentadas em concreto e muitas outras já estão em planejamento e execução. No Estado do Paraná, por exemplo, um trecho de 59km, entre os municípios de Palmas e União da Vitória, será restaurado com a tecnologia do whitetopping - técnica específica que utiliza o concreto para a reabilitação de pavimentos asfálticos deteriorados, aumentando a qualidade da obra e a durabilidade do pavimento.

Mesmo com a pandemia e as paralizações de diversos setores industriais, chegamos ao final de 2021, com 77 trechos de ruas já definidos em concreto, contabilizando mais 100 mil m² já executados e mais de 300 mil m² licitados em vias distribuídas em 19 municípios da região Sul, abrangendo os 3 estados.

Comparativos a partir de projetos reais revelaram que com o emprego do pavimento de concreto há uma economia de R$ 1,6 milhão por quilômetro (a valor presente) em 20 anos com expectativa de aumento na durabilidade. Ademais, há uma redução na emissão de 18 milhões de toneladas de CO2 por ano e uma economia de 5,3 bilhões de litros de combustível, apenas com os caminhões.

A indústria do cimento tem atuado fortemente nessa área e está empenhada em demonstrar o valor que o pavimento de concreto agrega para os usuários, contribuintes e administradores públicos demonstrando a viabilidade técnico-econômica de projetos em relação a outras alternativas e de outras vantagens como segurança (diminui o número de acidentes nas vias pois não promove aquaplanagem), economia de energia elétrica (reflete mais luz) e incentivo a indústria nacional.

Para atingir esses objetivos, o poder público precisa se comprometer, oferecendo à população projetos práticos e com previdências a serem traçadas que colaborem com o desenvolvimento da região e consequentemente tragam maior qualidade de vida à sociedade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias