Quinta, 27 de Janeiro de 2022
20°

Nuvens esparsas

Goiânia - GO

Internacional competição

Times argentinos vencem maratona digital do agronegócio e recebem US$ 3 mil em premiação

Competição buscou soluções inovadoras para processos agrícolas e de sustentabilidade

09/12/2021 às 07h42
Por: Gideone Rosa Fonte: Critério/GP
Compartilhe:
(Foto: Divulgação/Auravant)
(Foto: Divulgação/Auravant)

Auravant Hack 2021 teve a participação de dez equipes, duas brasileiras, e buscava soluções inovadoras para processos agrícolas e de sustentabilidade

Duas equipes formadas por jovens inovadores da América do Sul receberam US$ 3 mil para investir no desenvolvimento de soluções digitais para o agronegócio. Elas venceram um hackathon online organizado pela Auravant, que aconteceu no último fim de semana de novembro e teve recorde de inscritos — é a única competição tecnológica realizada internacionalmente para o agronegócio.

Com mais de 100 participantes de países como Argentina, Brasil, Uruguai e Venezuela, na América do Sul; Estados Unidos, Honduras e México, nas Américas Central e do Norte, além de Espanha, na Europa, o Auravant Hack 2021 durou pouco menos de 24 horas e teve como desafio desenvolver uma ferramenta ou produto que permitisse avaliar quantitativamente o valor de um lote ou talhão.

“O que mais se valorizou no trabalho foi o benefício proporcionado ao setor agrícola, os padrões encontrados nos dados, o nível de inovação ou criatividade do projeto e o nível de viabilidade e complexidade,” explicou o Chief Marketing Officer da Auravant, Fernando Calo. O corpo de jurados, formado por profissionais de diversas áreas de Argentina, Brasil e Espanha, baseou-se na funcionalidade e facilidade de uso, design de interface e impacto visual, experiência do usuário e escalabilidade.

Resultado

O primeiro lugar foi para a equipe “Pampe.ro”, que alcançou 3,8 pontos, em uma escala de 1 a 5. O time argentino foi formado por Juan Eduardo Riva, Mariano Agustín Iglesias, Lucas Larroque e Joaquin Mansilla Yulan, todos de Buenos Aires. Os jovens receberam US$ 2 mil e foram entregues pela Adama Argentina, patrocinadora do evento.

A equipe “Agnapec” chegou muito próxima, em uma decisão difícil para os jurados. Ela somou 3,7 a acabou ficando com o segundo lugar, levando para casa US$ 1 mil. Os participantes do time terceiro colocado, que alcançou 3,2 pontos, receberam prêmios que incluíram um Plano Anual Completo Auravant Professional, mais um gift card da Amazon.

Dois times formados por estudantes e desenvolvedores brasileiros participaram do hackathon. No total, o desafio contou com 25 equipes, mas apenas 10 chegaram ao final. 

Sobre a Auravant

A Auravant é uma startup de agricultura digital com origem na Argentina. Nascida em 2017, a plataforma aprimora o conhecimento agronômico e oferece dados para a melhor tomada de decisão. O objetivo é economizar tempo, dinheiro e reduzir o impacto ambiental. 

Por meio de múltiplas fontes de dados (imagens de satélite, drone, clima, mapas de rendimento), a ferramenta gera diferentes camadas de informação e índices que permitem determinar a dosagem adequada de insumos em cada ponto da lavoura. Assim, o trabalho se torna mais eficiente e sustentável, com maior produtividade, rastreabilidade e transparência.

A Auravant tem 30 mil usuários em 70 países e 8 milhões de hectares de plantações intensivas e extensivas monitoradas. Tem sede na Espanha e agora também no Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias