Segunda, 06 de Dezembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Goiânia - GO

Tecnologia Veículos elétricos

Veículos elétricos, uma realidade a cada dia mais presente

Fábrica da Ola garante produzir uma moto elétrica a cada 2 segundos

16/03/2021 às 17h15
Por: Gideone Rosa Fonte: J.N
Compartilhe:
A companhia promete produzir uma scooter a cada dois segundos.
A companhia promete produzir uma scooter a cada dois segundos.

Por Ademilson Ramos

A montadora Ola Electric da Índia iniciou a construção de um mega complexo para a fabricação de suas motos elétricas. Com uma área totalizando mais de 2 quilômetros quadrado e mais de 3 mil robôs em operação, a companhia promete produzir uma scooter a cada dois segundos, totalizando 10 milhões de unidades por ano.

A planta está localizada no estado de Tamil Nadu, no sul da Índia. Assim como as motos elétricas, a própria fábrica será montada de forma a emitir zero carbono – que deve gerar 10 mil empregos quando pronta. A expectativa da Ola Electric é iniciar a fase 1 de produção das motos elétricas em junho deste ano chegando a fase 2, com as 10 milhões de scooters anuais, já em 2022.

Além das dez linhas de produção o complexo terá sua própria área de testes.

“Essa será a maior fábrica de veículos de duas rodas do mundo, com 15% da capacidade mundial. Com mais de 3 mil robôs, será a mais avançada, com operação zero de carbono e a mais sustentável”, comenta o indiano Bhavish Aggarwal, CEO da Ola Electric.

No vídeo divulgado à imprensa, a empresa diz ainda que terá floresta dentro da construção. O telhado da fábrica será coberto por painéis solares para abastecer as linhas de produção. Confira abaixo:

Os modelos da moto elétrica da Ola é baseado na Appscooter, da holandesa Etergo. Esse veículo chega a 45km/h em menos de 4 segundos e tem até 240 quilômetros de autonomia. A empresa europeia foi adquirida pela Ola Eletric.

Os veículos fabricados na nova planta terão velocidade máxima de 100 km/h e com planos para o mundo. As motos elétricas da Ola serão as primeiras scooters indianas pensadas para as exportações.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias