Sexta, 23 de Abril de 2021
64 99945-1332
Brasil FCO

Balanço FCO: Financiamentos para o agro pelo FCO crescem em 2020

Nas quatro unidades da federação, produção rural tomou parcela maior do valor financiado pelo fundo constitucional

26/02/2021 09h51
145
Por: Gideone Rosa Fonte: SUDECO
Em 2020, o FCO financiou um total de mais de R$ 7,5 bilhões em negócios urbanos e rurais em todo o Centro-Oeste. Deste total, o agro da região foi responsável por R$ 5,3 bi em financiamentos.
Em 2020, o FCO financiou um total de mais de R$ 7,5 bilhões em negócios urbanos e rurais em todo o Centro-Oeste. Deste total, o agro da região foi responsável por R$ 5,3 bi em financiamentos.

Brasília, 24/02/2021- A participação do agronegócio nos financiamentos pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) cresceu mais de 12% entre os anos de 2019 e 2020. Em balanço divulgado nesta semana, a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) revelou que mais de 69,7% do valor concedido pelo fundo se destinou para a produção agropecuária em toda a região no último ano. No período anterior, os produtores rurais já haviam sido responsáveis por mais da metade do valor total financiado, com 59,3%. 

Em 2020, o FCO financiou um total de mais de R$ 7,5 bilhões em negócios urbanos e rurais em todo o Centro-Oeste. Deste total, o agro da região foi responsável por R$ 5,3 bi em financiamentos. 

“A produção agropecuária é o carro-chefe da economia da região, e o FCO é uma peça importante deste motor, que gera desenvolvimento para as quatro unidades da Federação e divisas para o país”, comenta o diretor de Implementação de Programas e de Gestão Fundos da Sudeco, Renato Lima. 

A linha Desenvolvimento Rural, que financia investimentos fixos, semifixos e custeio, foi a responsável pela maior parcela de crescimento das concessões. Foram quase R$ 4,8 bi em mais de 9,2 mil operações, em 2020. Em 2019, haviam sido R$ 4 bi em 7,3 mil financiamentos. Em valores, o aumento foi de 18,7%. O crescimento no total de operações, no entanto, foi ainda maior, 25,6%, o que revela que os recursos atenderam um número maior de produtores. 

Em Goiás, a participação dos produtores rurais em 2020 foi de 20,4%, com um total financiado pelo FCO de R$ 1,54 bi. Em 2019, a parcela do setor em Goiás no total de recursos do fundo fora de 19,4%, com R$ 1,51 bi. O agronegócio do DF passou de 4,29% (ou pouco mais de R$ 333 milhões) de participação no bolo total de recursos para financiamentos do fundo em 2019 para 6,85% do total concedido em 2020, quando o setor foi responsável por R$ 516,6 milhões em financiamentos. 

Em Mato Grosso, a participação do agro no total de financiamentos pelo FCO foi de 24,9% no ano passado, com R$ 1,88 bi. Em 2019, o setor havia tomado 21% do total em toda a região com valor total de R$ 1,64 bi. No vizinho Mato Grosso do Sul, a participação do agronegócio no total de recursos do FCO em 2020 foi de 17,6%, com R$ 1,32 bi (em 2019, havia sido de 14,6%, com um total de pouco mais de R$ 1 bi). 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Agro Press
Sobre Agro Press
Essa é a coluna do que move o nosso país
Goiânia - GO
Atualizado às 05h46 - Fonte: Climatempo
15°
Alguma nebulosidade

Mín. 14° Máx. 30°

15° Sensação
4 km/h Vento
94% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Domingo (25/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias