Sábado, 19 de Junho de 2021
64 99945-1332
Cidades Fatos

DC Mello, historiador de Jataí chama atenção do executivo

Onde, como e quando vamos guardar nossos fatos históricos?

16/02/2021 09h40
206
Por: Gideone Rosa Fonte: DC Mello
A Câmara foi instalada em 1885 com os vereadores da foto.
A Câmara foi instalada em 1885 com os vereadores da foto.

Já passa de meio século insistindo na peregrinação em busca de fatos e ou de personagens que revelem a formação de Jataí. No entanto, o resultado dessa tarefa estafante valeu a pena, pois consegui publicar cinco livros mostrando o resumo dos fatos encontrados, sem citar o vasto acervo em texto e fotos ainda é inéditos.

A maior parte desses documentos que retratam de forma clara nosso passado nunca recebeu atenção ou cuidados do nosso poder público e por isso desaparece ao correr do tempo ou até queimados por ordens superiores – como forma de ‘limpar gaveta’.

É um absurdo afirmar que os poderes de Jataí nunca tiveram e ainda não têm onde guardar seus papéis, seus documentos. Alguma coisa antiga pode ser encontrada no Arquivo do Estado, em Goiânia, e no Museu Histórico em Jataí; os papéis recentes estão sendo amontoados em depósitos improvisados aqui e ali.

É indiscutível que a Prefeitura tem que instalar o Arquivo Público Municipal, já previsto em projeto de lei aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores, em 1917. Esse Arquivo Público deverá receber, de forma esquematizada, todo documento produzido e ou recebido pelos poderes Executivo e Legislativo - e por que não incluir o Judiciário?

Nesse Arquivo, o jataiense poderá ter contato com jornais do século XIX abordando sobre pessoas ou fatos envolvendo Jataí, como as ocorrências a seguir:

1 – Detalhes da participação de Jataí na Guerra do Paraguai sob o comando de Serafim José de Barros, uma odisseia desconhecida dos jataienses;

2 – O extermínio continuado de famílias e destruição de seus bens no interior do município pelos índios e os pedidos de socorro não atendidos pelo Governo;

3 – O conteúdo extraordinário da lei número um editada em 1887 com o título - Posturas da Câmara Municipal da Villa de Jatahy; da lei número quatro, de 1893, criando o Distrito de Santa Rita do Araguaia. A história atual contada por Santa Rita não cita esse episódio;

4 – O professor trazido para Jataí que se tornou deputado estadual e transformou a Vila de Jataí em cidade, em maio de 1895. Eis um dado curioso: as comemorações festivas desse grande feito se deram aqui em sete de setembro daquele ano de 95. Os discursos do Presidente da Câmara, do Intendente, de Carvalho Bastos e do próprio deputado;

5 – O que aprontou a Coluna Prestes ao chegar aqui ao amanhecer do dia após noite de festa na cidade. Ainda sobre o assunto, a mortandade de integrantes desse movimento na fazenda de Zeca Lopes, quando houve a queima de corpos com querosene;

6 – O episódio histórico do ex-prefeito nomeado Carvalhinho, o fazedor de obras com dinheiro de amigos agiotas, o prefeito, casado com uma jataiense, que mais construiu no passado e que teve o nome badalado na imprensa nacional;

7 – “Vila Risonha do Paraíso”, nome dado a Jataí num projeto de lei proposto por um deputado e quase aprovado pela Assembleia Legislativa Provincial;

8 – A prisão do presidente da Câmara de Vereadores, do presidente do diretório local do PSD e de outros líderes políticos de Jataí, em 1950. Resultado da lendária guerra política entre PSD e UDN;

9 – O arrendamento de mais de 130 mil alqueires de terras para empresa de mineralogia em busca de petróleo nos municípios de Mineiros, Caiapônia e Jataí, em 1923. Os contratos com os fazendeiros estão registrados nos dois cartórios locais;

10 – O que um delegado regional, acobertado e fortemente armado pelo governo estadual, aprontou em Jataí. Três presos foram tirados da cadeia e assassinados no Rio Claro. Dessas três vítimas foram cortadas uma das orelhas, colocadas num vidro de conserva e levadas para a Capital como prova de ‘serviço’. Esse delegado não agia sozinho. Tinha como comparsa um ex-deputado, um juiz municipal, um colega delegado, todos protegidos por elementos da Força Pública do Estado. Tudo isso para saquear, roubar, espancar e extorquir líderes e autoridades.

Esse material de valor histórico singular, bem como de centenas de outros, serão catalogados, digitalizados e colocados à disposição do público. Que sirvam esses argumentos apresentados como justificativa para instalação do nosso Arquivo Municipal, única forma de salvar o que ainda resta de nossa formação cultural, pois, a juventude está aí a nos cobrar e não temos nada a justificar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Senta Que Lá Vem Mais História
Sobre Senta Que Lá Vem Mais História
Esse é o blog que você poderá participar com as histórias de sua cidade, de seu município. Enriqueça a cultura goiana com seus causos, contos, prosas, estórias e histórias participe.
Jataí - GO

Jataí - Goiás

Sobre o município
Polo de educação avançado, agricultura de ponta e turismo Jataí é um município no Sudoeste do estado de Goiás que avança em desenvolvimento principalmente se consolidando em um dos maiores polos de educação de nível superior do país. São três grandes universidades, UFG, IFG e UEG, somados mais 40 cursos nas áreas de exatas, humanas e bio-médicas. O turismo de negócios e de lazer também fazem parte deste contexto com seus hotéis, auditórios e teatros.
Goiânia - GO
Atualizado às 22h19 - Fonte: Climatempo
20°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 31°

20° Sensação
6 km/h Vento
78% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (20/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Segunda (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias