Cabreu Voip
E-Commerce

E-commerce da região metropolitana de Goiânia registra faturamento de R$ 138,8 milhões, em junho

Diante de diversos setores que tiveram queda por conta da crise, o comércio eletrônico está em expansão.

21/07/2020 08h54
Por: Gideone Rosa
Fonte: Goiás Press
174
Foto: Divulgação/Goiânia Empresas
Foto: Divulgação/Goiânia Empresas

Para quem deseja ingressar nesse importante setor, poderá assistir um ciclo de palestras gratuito e online, promovido pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, no dia 23 de julho, das 9h às 17h

Em função do isolamento social, provocado pela pandemia do coronavírus, os consumidores mudaram a sua forma de comprar: estão cada vez mais usando a internet. Na região metropolitana de Goiânia não é diferente: em junho de 2020, o setor faturou R$ 138,8 milhões. Ao comparar com o mesmo período do ano passado, o aumento foi expressivo, 81,5% (R﹩ 76,4 milhões). Os dados são do estudo do Movimento Compre & Confie. Outro dado relevante do estudo na região foi a quantidade de pedidos realizados: 263,6 mil, crescimento de 90,2% em relação a junho de 2019 (138,6 mil pedidos).

Para quem deseja ingressar no setor, pode participar do Ciclo MPE, palestras gratuitas e online promovidas pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net). O próximo evento será 23 de julho, das 9h às 17h. Os interessados devem se inscrever pelo site http://www.ciclo-mpe.net. Os inscritos receberão o link de acesso à sala do evento por e-mail e, através da plataforma digital, poderão tirar as dúvidas e receber mentorias em tempo real.

"O nosso propósito é oferecer a capacitação e ampliar o conhecimento de quem pretende investir em um novo negócio. A oportunidade é excelente para quem perdeu o emprego nesse período de crise, para pessoas que buscam novos desafios, ou até mesmo quem deseja ampliar a renda, ou seja, o evento traz benefícios para diferentes públicos", afirma Renata Carvalho, coordenadora do Ciclo MPE.

Os participantes poderão aprender como planejar uma loja virtual, como transformar visitantes em consumidores, sobre logística e marketing digital. "Além de apresentar todo o conteúdo teórico, também ensinamos a montar uma loja virtual na prática", declara Renata.

Para a coordenadora, antes de abrir um e-commerce, é fundamental que o empreendedor faça uma avaliação para identificar como é o mercado goiano e como se comporta o consumidor.

Outros dados do Movimento Compre & Confie revelam como é o comportamento do consumidor da região metropolitana de Goiânia: em junho, 56,1% das compras virtuais foram feitas por mulheres, já os homens, representaram 43,9%. Neste mesmo período, o valor do tíquete médio das compras foi de R$ 526,40.

Entre os cinco segmentos que mais faturaram estão: telefonia (24%); entretenimento (13,1%); eletrodomésticos e ventilação (13,1%); moda e acessórios (9,4%); informática e câmeras (9,2%).

O Ciclo MPE está em sua 17ª edição e conta com o patrocínio máster dos Correios e do Governo Federal, além do patrocínio da Loja Integrada.

Sobre o Ciclo MPE.net - Evento organizado pela camara-e.net e que está em sua 17ª edição. Tem como foco os micro, pequenos e médios empreendedores de internet que pretendem abrir uma loja virtual ou desejam ampliar seus conhecimentos e aperfeiçoar o negócio que está em operação na internet. O Ciclo é um treinamento gratuito, oferecido por um grupo de patrocinadores que apoiam a entidade. Mais informações: www.ciclo-mpe.net

Sobre a camara-e.net - Fundada em 2001, a camara-e.net é a principal entidade brasileira multissetorial da América Latina e de maior representatividade da economia digital no País, formando consenso no setor perante os principais agentes públicos e privados, nacionais e internacionais e promovendo o desenvolvimento dos negócios online no Brasil. Em seu quadro de associados, a camara-e.net conta com os mais importantes players do comércio eletrônico, entre eles empresas de infraestrutura, mídias sociais, chaves públicas, meios de pagamento, seguros e e-banking. Mais informações: http://www.camara-e.net.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.