Cabreu Voip
Reabertura

José Nelto propõe acordo entre empresários e os governos municipal e estadual para reabertura do comércio em Goiânia

Para o deputado está havendo uma desobediência civil

16/06/2020 08h54
Por: Gideone Rosa
Fonte: JN
139
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado federal José Nelto (Podemos-GO), avalia que o comércio em Goiânia não tem mais condições de permanecer fechado, já que está havendo uma desobediência civil por parte da população, que não está mais – em sua maioria – permanecendo em casa . Ele explica que na região de comércio na região da 44, um dos maiores polos de confecção do Brasil, os comerciantes estão vendendo as mercadorias do lado de fora das lojas. “Eu moro próximo à região, e por vezes passo ali e vejo os comerciantes vendendo os produtos do lado de fora, na calçada. As pessoas querem e precisam trabalhar, não tem mais condições de manter o comércio fechado”, disse Nelto. 

O parlamentar propõe uma medida alternativa ao prefeito da Capital, Íris Rezende, e ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado. Haveria, segundo ele, uma reunião entre os proprietários de Shoppings Centers da Capital, bem como os proprietários do comércio na região da 44, junto aos representantes do executivo municipal e estadual.  

“Acredito que esses empresários poderiam fazer uma contraproposta para contribuir com os governos municipal e estadual e vice-versa. Nós temos o Hospital das Clínicas que precisa ser aberto, mas faltam mais de R$ 30 milhões para a compra de equipamentos e mobília das áreas clínicas e de UTIs. Os empresários poderiam doar um valor e o montante que faltar para concluir a mobília, seria dividido entre eles”, explica José Nelto. Ele continua dizendo que “o governo municipal e estadual, por sua vez, abateriam o valor pago nos equipamentos dos impostos que ainda deverão ser pagos”. 

No município, seria abatido o valor em cima do ISS (Imposto sobre Serviços) e do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Já no Estado, seria abatido do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). 

Apesar de ousada, Nelto acredita que a proposta é exequível. “Teríamos que adotar medidas rigorosas de segurança, como exemplo as que foram adotadas em São Paulo. Usar máscaras, não reabrir ainda a praça de alimentação, cinema, brinquedotca. Onde o público tiver acesso, monitorar a quantidade de pessoas presentes estabelecendo o distanciamento entre elas, além de aferir a temperatura corporal, entre outras medidas que acredito serem importantes constar em um acordo entre a prefeitura, o Estado e os empresários”, destaca José Nelto. 

O melhor a se fazer agora, segundo o deputado federal, é retomar as atividades com segurança, seguindo os protocolos necessários para resguardar a saúde dos cidadãos. “O que não podemos aceitar é que o comércio continue abrindo sem segurança e fiscalização. Os responsáveis precisam agir.  Nesse momento, somar esforços fará toda a diferença. Conseguiríamos abrir o HC, que conta com mais de 600 leitos, 82 UTIs, salvaríamos vidas, e ainda reabriríamos o comércio, dando o primeiro passo para a retomada gradativa das atividades”, completa. 

Se não houver acordo, Nelto defende que os lojistas não paguem aluguel, apenas as despesas de água e energia. “Quem aluga essas salas comerciais não conseguem mais arcar com despesas de aluguel sem estar trabalhando. Se não houver uma parceria para a retomada das atividades, defendo que estes paguem apenas os custos de energia e água”, conclui.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
GoiâniaGoiânia - GO Goiânia é a capital de Goiás, política e administrativa
Goiânia - GO
Atualizado às 22h44
18°
Alguma nebulosidade Máxima: 30° - Mínima: 14°
18°

Sensação

7 km/h

Vento

83%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anuncie Aqui
Planeta mais limpo - Diga não ao copo descartável
Câmara Municipal de Jataí - 2019
Câmara Municipal de Jataí
Anuncie! Chame o CAL
Municípios
Anúncio
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio